PARA RESTAURAR A ESPERANÇA

Tenho com o câncer uma longa relação. Há mais de duas décadas, enfrentei um condrossarcoma, uma forma rara e grave dessa doença. Iniciou-se aí uma jornada complexa, com altos e baixos por vezes inexplicáveis e acompanhada, a cada passo, por um desejo crescente de poder interferir no curso da doença.

No início da jornada, ao longo de dois meses de tratamento intensivo em Houston, nos Estados Unidos, presenciei as batalhas de muitas pessoas que chegavam de todo o mundo para lutar por sua saúde. Alguns não sobreviveram. Felizmente, a minha história teve outro fim, e fui capaz de retomar uma vida normal.

Alguns anos depois do fim do meu tratamento, vivi um momento infinitamente mais dramático. O meu filho mais velho, então com 9 anos, recebeu um diagnóstico de meduloblastoma, um câncer cerebral maligno da infância. Embora considerado raro, a cada ano o meduloblastoma afeta em torno de 30 mil crianças em todo o mundo. Ainda, para a forma recorrente desse câncer, os médicos não têm nenhum plano de tratamento para recomendar, e a chance de sobrevida fica abaixo dos 5%.

Graças à minha condição financeira e ao apoio da minha família, pudemos buscar tratamento nos principais centros internacionais. E foi durante esse período que conheci uma das maiores autoridades em neuro-oncologia pediátrica no mundo: o Dr. Roger Packer. A partir da orientação do Dr. Packer, meu filho tem participado de protocolos-teste para o tratamento do meduloblastoma recorrente. Estamos tendo acesso aos melhores recursos que a medicina pode oferecer, ainda que de forma experimental.

Nesse caminho, a angústia que senti ao pensar no sofrimento de tantas crianças representou o impulso para uma das decisões mais importantes da minha vida: focar a minha energia na luta contra esse câncer infantil. Essa decisão tomou forma em 2021, com um projeto que veio a ser denominado The Medulloblastoma Initiative. Concebida conjuntamente com o Dr. Packer e sua equipe, a Iniciativa reúne um grupo de cientistas e instituições que estão entre os melhores do mundo, concentrando o poder necessário para que a doença seja finalmente entendida. Nosso objetivo é simples: acelerar o desenvolvimento de um protocolo de cura que vai salvar as vidas de milhares de crianças em todo o mundo.

Uma realização histórica de tal magnitude não seria possível sem o engajamento do maior número possível de grandes parceiros. A pesquisa começou alavancada pela contribuição feita pela minha própria família. Nos últimos meses outros doadores se juntaram a nós. Estamos agora divulgando o projeto para que mais pessoas possam participar do esforço de achar uma cura para esse tipo de meduloblastoma pediátrico.

Convido você a saber mais sobre a Iniciativa e para se engajar nesse esforço singular, que vai restaurar a esperança e salvar as vidas de milhares de crianças.

Afinal, como diz o Talmud — “aquele que salva uma vida salva o mundo todo”.

Fernando Goldsztein

Fundador, The Medulloblastoma Initiative
Membro do Conselho de Administração, Cyrela Brazil Realty 
MBA, Fundação Dom Cabral
MBA, MIT Sloan School of Management

Quando o meduloblastoma recorre, 
não há nenhum tratamento padrão disponível.

Nenhum

Com sua ajuda, podemos mudar isso!

UM TRABALHO PARA MUITAS MÃOS E MENTES

A cura do meduloblastoma só será possível com a força e o trabalho de muitas mãos. E você desempenha um papel essencial para atingir esse objetivo.

Fazer parte da Medulloblastoma Initiative significa uma oportunidade de investir no presente e no futuro das crianças em todo o mundo.

INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES

Whoever saves one life saves the world entire

The Talmud

JUNTE-SE A NÓS

A The Medulloblastoma Intiative apóia o trabalho de alguns dos melhores cientistas e instituições de saúde do mundo, aproveitando o poder necessário para finalmente compreender o meduloblastoma infantil.